quarta-feira, 26 de maio de 2010

Gianni Morandi - Non son degno di te





Non son degno di te
Não sou digno de ti

Non ti merito più
Não te mereço mais

Ma al mondo no,
Mas ao mundo não,

Non esiste nessuno
Não existe ninguém

Che non hà sbagliato una volta
Que não tem errado uma vez

E va bene così
E está bem assim

Me ne vado da te
Vou - me embora de ti

Ma quando la sera
Mas quando a noite

Tu resterai sola
Tu ficarás sozinha

Ricorda qualcuno che amava te
Lembras alguém que te amava




Sui monti di pietra
Nos montes de pedra

Può nascere un fiore
Pode nascer uma flor

In me questa sera
Em mim esta noite

È nato l´amore per te
Nasceu o amor por ti




E va bene così
E está bem assim

Me ne vado da te
Vou – me embora de ti

Ma, al mondo no,
Mas, ao mundo não,

Non esiste nessuno
Não existe ninguém

Che non hà sbagliato
Que não tem errado

Una volta, amor.
Uma vez, amor.




Non son degno di te
Não sou digno de ti

Non ti merito più
Não te mereço mais

Ma quando la sera
Mas quando a noite

Tu resterai sola
Tu ficarás sozinha

Ricorda qualcuno
Lembras alguém

Che amava te
Que te amava

Amore, amor, amore, amor.
Amor, amor, amor, amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário